Dicas e notícias contábeis, financeiras e de gestão para o seu escritório de advocacia

09/04/2019 - 09h35m

De colegas a sócias: Advogadas conseguem primeiro registro de escritório como ‘Advogadas e Associados’ de MS

Por: REDAÇÃO ADVCONTAB
Duas mulheres, colegas de profissão, resolveram abrir o próprio escritório. Após fazer o pedido, veio à notícia: Elas seriam o primeiro registro de escritório como Sociedade de “Advogadas e Associados” de Mato Grosso do Sul.

“Trabalhávamos como advogadas autônomas e decidimos abrir o escritório, de imediato pensamos nesse formato. Fomos a OAB/MS fazer o pedido e nos informaram que não havia, até então, registro de sociedade como ‘Advogadas’. Na época, havia conhecimento apenas de uma sociedade de “Advogadas e Associados” no Rio Grande do Sul.

Quando recebemos o deferimento, ficamos muito felizes de saber que somos a primeira no Estado a ser registrada desse modo”, contou Vanessa Catanante Leal Vilela que hoje divide o escritório com Rita de Cássia Amadeu.

A Advogada Rita Amadeu explica que não é apenas um escritório “comandado” por mulheres, mas que tem um “olhar feminino para uma nova era”. Há mais de 10 anos na advocacia, Rita acredita que a advocacia evoluiu muito nos últimos anos e com bons olhos para um trabalho realizado por mulheres.

“Pensamos num ambiente que fosse acolhedor, onde as mulheres serão verdadeiramente ouvidas e compreendidas, sem julgamento. Um local espaçoso que não recebesse apenas mulheres, mas homens, todo mundo que precisa de atendimento, sem distinção. Trabalhamos hoje com diversos segmentos, mas com um setor que é o Direito Agrário, no qual existe uma demanda muito grande por profissionais, independente de gênero”, comentou.

Inspiração

“Nosso intuito maior é fortalecer nossa classe, gênero, essa luta pelo empoderamento feminino. Como estamos vivendo um momento em que as mulheres estão cada vez mais buscando espaço no mercado de trabalho, acredito que é uma inovação para nosso Estado.

Buscamos assim quebrar paradigmas e estabelecer de vez na sociedade a consciência em relação aos direitos das mulheres”, salientou Vanessa.

Hoje são mais de 15 mil advogadas e advogados ativos em Mato Grosso do Sul, sendo 55% homens e 45% mulheres na advocacia. Número que logo será mudado. A estimativa é que até 2020, o número de advogadas mulheres seja superior ao de homens advogados, segundo registro da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

É o primeiro escritório de advocacia do Estado nesse formato. Em um mercado masculino, as advogadas são pioneiras na utilização de subtítulo “Advogadas Associadas”. O registro, de fato, já foi negado em alguns estados, como em São Paulo. A justificativa para o indeferimento na época foi que “o plural de advogado na língua portuguesa é advogados”.

Pode parecer bobagem a nomenclatura “Advogadas e Associados”, um detalhe para alguns, mas para Vanessa e Rita é motivo de orgulho. “A mulher de hoje luta por tantas coisas, por mais espaço na sociedade, por que não ter o nome ‘Advogadas’ no próprio escritório? Fazemos mil e uma coisas. Precisamos sair à frente, sair da zona de conforto e não ficar a sombra”, acrescentou Rita.

O Presidente da OAB/MS, Mansour Elias Karmouche, recebeu as advogadas nesta quarta-feira (03) e elogiou a iniciativa dizendo que “Mato Grosso do Sul sempre anda na vanguarda da advocacia brasileira. Esse reconhecimento mostra que a OAB/MS é um entidade pluralista, sem ideologia, sem partidarismo, desigualdade, mas sim um espaço que abraça e representa todos advogados e advogadas”.

Rita e Vanessa agradeceram a atual gestão pelo deferimento da OAB/MS no pedido. “Ter conseguido na gestão atual, presidida pelo Doutor Mansour, mostra que as mulheres estão sendo valorizadas”.

A Secretária-Geral Adjunta Eclair Nantes também elogiou o trabalho realizado pelas advogadas e convidou-as para participar ativamente das Comissões da OAB/MS. “Eu fico muito feliz de saber que temos um dos primeiros escritórios do país com subtítulo ‘Advogadas e Associados’ porque isso demonstra o quanto Mato Grosso do Sul está evoluindo nessa busca pela igualdade de gênero e representatividade num espaço que há anos atrás era majoritariamente masculino. Isso nos enche de esperanças, mostra que temos uma advocacia na vanguarda do país”.

As advogadas são clientes AdvContab desde 2018, e contaram com toda a expertise do time de contadores especializados em advocacia, para concretizar mais este sonho.

Fonte: https://oabms.org.br/de-colegas-a-socias-advogadas-conseguem-primeiro-registro-de-escritorio-como-advogadas-e-associados-de-ms/